Hospedagem Barata em Paris: Airbnb

Um dos meus maiores sonhos era conhecer Paris. Ficava sempre impressionada com a beleza, riqueza cultural e estilo único da cidade e ano passado consegui realizar esse sonho. Mas não bastava apenas comprar a passagem, queria muito encontrar um cantinho que fosse bem legal para me acomodar nessa cidade grandiosa. Infelizmente hotéis em Paris costumam ser bem caros e estavam fora do meu orçamento.

Foi nessa procura por um cantinho na cidade dos meus sonhos que conheci o site Airbnb. Ao conhecer esse site fiquei maravilhada! Nele as pessoas anunciam suas acomodações e as disponibilizam para alugar por temporada. Cada anfitrião tem sua identificação verificada e seu perfil fica disponível para avaliação.

Existe um sistema de feedback dos hospedes. Os usuários precisam responder depois que ficaram na acomodação o que acharam e avaliando de forma geral como foi sua experiência, o lugar, se é seguro ou bem localizado, etc. Além disso, é possível comunicar-se com o anfitrião e tirar todas suas dúvidas através de mensagens particulares.

No Airbnb é possível procurar apenas por uma cama (estilo hostel), por um quarto de uma casa ou até por uma casa ou apertamento inteiro.

O que eu escolhi em Paris foi esse Studio que fica bem no centro de Paris, na Île de la Cité.

paris airbnb

Como eu queria um apartamento em que eu pudesse fazer muitas coisas a pé, que fosse perto do trem/metrô, seguro à noite, que tivesse uma cozinha, uma cama e um preço amigo… acho que não poderia ter escolhido melhor! Tive muita sorte, o proprietário foi super atencioso, o apartamento estava recém limpo e com tudo completo. Toalhas, edredons, sistema de aquecimento, chuveiro mega quetinho, cozinha com tudo que precisava.

A cozinha era algo que eu fazia muita questão de ter, porque comer fora em Paris é delicioso, mas bem caro. Essa questão somada ao fato de eu SIMPLESMENTE AMAR cozinhar e ter um novo mundo de ingredientes a minha disposição foi um bônus muito legal na viagem.

Jpeg

Essa era literalmente a vista que tinha ao sair de casa. À esquerda dá para ver as torres da Saint Chapelle

Sem contar que a minha vizinhança era fora de série. Sempre digo que meu vizinho da frente era a Saint Chapelle e meu vizinho dos fundos era a Catedral de Notre Dame. Nada mal, né?

paris airbnb 2

No site você consegue  procurar por região e ter uma boa ideia da localização da acomodação.

Mas não só para Paris o site da Airbnb é útil. Existem anfitriões espalhados no mundo todo. O ideal é sempre reservar com bastante antecedência, pois os melhores lugares são bem disputados e pode ser que estejam sem vaga para a data da sua viagem, então planejamento antecipado é tudo.

Dica Fit: Fazendo Sorvete de Frutas

Sabe aquela dica simples, mas que você acaba incorporando no dia a dia?

Lembra daquela penca de banana que você comprou em promoção e que logo vai estragar? Ou aquele abacate gigante que está passando e que você não conseguiu os ingredientes para fazer um delicioso guacamole ? Tem solução! Pegue a fruta, descasque e pique em cubinhos. Basta você ter um espaço no freezer e congelar a fruta.

Eu gosto de colocar elas espalhadas em tampas de plástico. Como são flexíveis, fica fácil de desgrudar depois das partes congeladas. Um vez congeladas, você pode apenas remover os cubinhos da tampa e colocar num pote de volta ao freezer. Desse jeito os cubinhos não vão grudar e vão continuar com os pedacinhos soltos e ocupando menos espaço no freezer.

DSCN1230 copy

Banana, pitaya, abacate… tudo pode ser sorvete!

E o que fazer com essas frutas congeladas? Pode colocar no meio de um iogurte, fazer um shake, uma vitamina ou bater no Mixer / liquidificador até virar um creme mais consistente.

bloggif_571aaaf08f9cf

Creme de pitaya congelada e banana.

IMG_20160331_224412

Creme de manga congelada com pimenta.

Para quem quer fazer uma receita mais “maromba”, fica uma delícia se você colocar um pouco de Whey protein.

bloggif_571aacfd96a62

Creme de caqui congelado e Whey de baunilha. Fica muito bom, acreditem!

Além dessas frutas que já mostrei, já congelei melão, uva, mamão, morango,  melancia, ameixa… Até agora todas essas deram certo.

E aí, já tentaram congelar frutas assim?

Onde passear na Cidade do México – Parte 2

Vamos para a parte dois dos passeios interessantes da incrível Cidade do México.

La Casa Azul: Museo Frida Kahlo

Frida Kahlo sem dúvidas é uma personalidade bastante marcante que vai muito além de uma “monocelha” e obras de arte características. A casa desse ícone da história mexicana foi transformada em um museu onde não somente são exibidas suas obras, mas é possível conhecer como foi a sua vida pessoal e seu relacionamento com o talentosíssimo muralista Diego Riveira. Além disso, ela era muito envolvida na política e foi importante aliada para abrigar o refugiado político soviético Leon Trotsky (até existem boatos que os dois tiveram um caso).

Fiquei encantada em perceber como a história da Frida é contada nesse museu pelos seus quadros, na decoração da casa, pelo seu vestuário, utensílios domésticos, objetos pessoais etc. Tudo com seu charme colorido e vibrante em contraste com a sua vida sofrida.

É uma visita rápida, mas muito interessante. Minhas dicas: chegue cedo, pois é bem popular e forma filas enormes. Dica dois: se você se interessou pela história do refúgio do Leon Trotsky e quiser se aprofundar, bem próximo de La Casa Azul fica o museu dedicado ao refugiado político.

 

 

Bazar del Sabado

Pela cidade toda podemos ver várias feiras de rua. Os mexicanos amam feiras de rua, mas normalmente são cheias de comidas suspeitas e bugigangas. O que não é o caso do Bazar del Sábado. É uma feira de artesanatos bem grande que acontece todos os Sábados. Artesanato local, comidinhas típicas, joias em prata, máscaras de luchadores, esculturas em osso, pinturas feitas à mão, vestuários de confecção artesanal entre muitas coisas de encher os olhos (e esvazia a carteira).

Ótima pedida se quiser dar algum presente autêntico ou para levar para a casa, porque não?

O acesso pode ser meio longe, mas eu fui usando o Turibus. O Turibus é uma ótima pedida para quem quer conhecer a cidade. Farei um post sobre ele.

DSCN0349 small

Muito amor por essas barraquinhas de frutas *-*

 

 

Museu da Tequila e Praça Garibaldi

DSCN0620 copy.jpg

Pensou em México e já lembrou da Tequila? Bem no centro da cidade existe um museu dedicado a essa bebida e ao Mezcal. No Museo del Tequila y el Mezcal (MUTEM) você aprende a história e o processo de fabricação das bebidas e no final ainda rola uma degustação. No andar de baixo fica também uma loja enorme com uma variedade incrível dessas bebidas e outros souvenires. Legal que o museu fica aberto até tarde o que dá a chance de visitar à noite e curtir a segunda parte legal desse passeio que é a praça Garibaldi.

DSCN0631 copy

Mezcal com larvas, cobras, escorpiões…

DSCN0633 copy

O *famoso* gusano Maguey colocado no Mezcal

À noite na Plaza Garibaldi vários grupos de mariachis tocam por alguns trocados. É bastante comum ver os mexicanos “alugando” um grupo de mariachis para fazer uma serenata para suas amadas ou para pedir desculpas depois de terem bebido muitas tequilas e voltado tarde para casa. Também você pode comer nos restaurantes e ter seu grupo particular ou pedir sua musica preferida para dançar. É algo único e muito divertido mesmo! Da última vez que fui conheci um pai que levou a sua família para dançar (e me convidou para dançar com ele. Aceitei porque não podia perder essa experiência! hahaha).

DSCN0647 copy

Nesse video dá para ter uma noção de como seria o agito na Plaza Garibaldi.

Dica: A praça tem bastante polícia, mas em volta fica uma região muito perigosa, então tome cuidado! Veja direitinho como chegar lá e como sair de lá. Não vá se perder, pois é centro de cidade grande e perigosa, ok? Dica 2: tem um bar/restaurante chamado Salón Tenampa que é muito bom. Também prometo fazer um post sobre lugares que comi e que valem a pena.

Eataly: um Playground Gastrônomico

 

São Paulo abriga a primeira e única unidade da América Latina da famosa rede italiana Eataly.  Não é mais novidade, o enorme complexo gastonômico abriu as portas há quase 1 ano.

Como sou apaixonada por gastronomia não podia deixar de passar minhas impressões do Eataly. Para mim foi um verdadeiro “Playground” do mundo gastronômico.

Logo na entrada nos deparamos com diversos produtos – desde artigos para o lar, decoração, utensílios domésticos, de uso pessoal etc.

IMG_20160313_130947869_HDR

Muitos artigos chiques e lindos.

Mas como estávamos mais interessados em comida, já fomos logo a rondar a sessão de doces que estava lindamente enfeitada para a Páscoa.

 

Sessão de doces finos e chocolates de La Pasticceria di Luca Montersino. Uma verdadeira missão impossível escolher o que levar. Muitos doces tradicionais como Tiramissu, Canoli e Panna Cotta e também outros doces lindos que *quase* dá dó de comer.

 

IMG_20160313_170858542

Docinhos que levamos para comer em casa.

Depois visitamos os crepes de Nutella, mas não achei nada fora do comum. Se você é amante incondicional de Nutella vale a pena, mas como acho que crepe de Nutella é algo fácil de encontrar por aí, mudei meu foco para outro doce.

Cláro que doida por sorvete tinha que experimentar o Gelato do Eataly – Venchi. Minha avaliação: excelente. Sabor marcante sem ser carregado em açúcar e consistência perfeita como todo bom sorvete feito com matéria prima de qualidade.

IMG_20160313_142856588

Vista do centro, onde fica o hortifruti do Eataly.

Achei super interessante que dentro do complexo ele é todo setorizado. No açougue, por exemplo, estavam a disposição os produtos da casa e do lado do açougue ficava o restaurante especializado em carnes. Ao lado da peixaria está o restaurante que serve peixes e frutos do mar, ao lado das massas, o restaurante de massas e por aí vai. Achei um conceito fantástico. Se acabar comendo por lá e gostar de algum prato, massa ou corte de carne diferente, é só ir ao lado e levar para fazer em casa.

IMG_20160313_132125590

Fiquei encantada com esse “hambúrguer” com crosta de pistache.

Depois de dar um tempo dos doces abrimos espaço para o almoço. Eu queria muito experimentar a pizza que foi eleita a melhor de São Paulo no ano passado. Além da pizza também pedimos uma massa recheada com queijo ao molho de manteiga, figos grelhados e avelãs.

IMG_20160313_145433119_HDR

Sem brincadeira, uma das melhores massas que já comi na minha vida.

IMG_20160313_145429447

A massa da pizza e o molho excelentes. Os recheios achei que podiam ser mais caprichados.

Amantes de café também estão muito bem amparados pelo famoso café Lavazza e o tradicional café Vergnano. O Lavazza é bem famoso, mas o Vergnano tem uma qualidade fora de série. Vale a pena tomar aquele cafezinho depois da refeição.

IMG_20160313_112239420

Coelho feito por mim 😀

Também existe uma extensa parte só de vinhos, espumantes, destilados, cervejas e outras bebidas como o tradicional licor de limão italiano, o Limoncello.

IMG_20160313_141736144

Vinho que está na minha wishlist *-*

O que achei da experiência Eataly? Maravilhosa! Vale muito a pena visitar. Gostei muito porque a qualidade dos produtos é evidente. Cláro que existem muitos produtos importados, mas também encontra aqueles de produtores locais artesanais diferenciados, produtos naturais e orgânicos.

Doce de leite de vaca Jersey mesmo!

 

E os preços, Fer!? Sim, muitas coisas de preços um tanto salgados. Os restaurantes também não são muito amigáveis para o bolso. Mas existem coisas exclusivas e essas valem a pena. Sobre vinhos e outras bebidas, só se estiver procurando algum rótulo exclusivo, achei o preço acima da média. E nem tudo é extremamente caro, queijos feitos por eles tinham um preço ótimo (levei mozzarella e burrata para casa) assim como as massas de fabricação própria. Percebe-se que eles prezam muito pela qualidade de ingredientes e matérias primas e isso faz toda a diferença.

Saí de lá com vontade de voltar mais vezes, cada uma para experimentar um restaurante diferente.

 

Receita Lowcarb e Fit: Guacamole

O post de hoje é uma receita facinha, saudável, *mexicana* e bem gostosa. Aproveitando que é época dessa fruta tão gostosa e muito saudável!

holy guacamole

Holy Indeed

Você vai precisar de:

1 Abacate (ou dois abacates do tipo avocado);

1 Tomate;

1/2 Cebola;

Suco de 1/2 limão;

Cebolinha, salsinha e coentro a gosto;

Pimenta a gosto;

Sal.

guacamole 1

Primeiro amasse o abacate maduro com um garfo. Não indico bater ele num processador ou mixer, porque vira creme e perde um pouco da textura.

Misture esse abacate amassado com o suco de limão.

Pique a cebola e os “verdinhos”. Para o tomate recomendo retirar as sementes (senão solta muita água e o guaca fica mole demais).

Adicione o tomate e o restante dos temperos.

guacamole 2

Use a criatividade na hora de comer! Não, ele não é consumido exclusivamente como acompanhante de salgadinhos de milho como o Doritos (ou originalmente totopos no México). Já comi com ovo, junto com a comida, com hambúrguer e outros lanches. Fica delicioso!

guacamole burger

Não parece delicioso? *-*

Como o abacate é um alimento gorduroso, fica interessante usar como substituto de uma maionese por exemplo. Saudável e ótimo para dar uma variada.

 

guacamole meme

Bela Gil Feelings

 

Delizie Gelateria e Café

Quem me conhece sabe que sou meio louca por sorvete. É uma das minhas sobremesas preferidas e em todas minhas viagens sempre procuro as melhores sorveterias do lugar. Se existisse uma profissão do tipo “sommelier de sorvetes” eu com certeza tentaria ser um deles.

Nessa empolgação de conhecer sorveterias fui visitar a Delize Gelateria localizada na rua Jundiaí nº42 cidade de Santa Bárbara d’Oeste.
image

O ambiente é super aconchegante e espaçoso. Achei os funcionários bastante prestativos.

Os sorvetes variam e sua disponibilidade depende da produção, já que é uma gelateria com produção artesanal de sorvete.

IMG_20160330_194904954_HDR

Na minha visita haviam sabores como negresco, gianduia, ninho trufado, flocos, chocolate 100%, menta com chocolate, baunilha trufada, cookies… Aquela tortura para pessoas indecisas como eu. Também vale citar um grande detalhe: para todos aqueles em dieta ou aqueles intolerantes e que mesmo assim resolveram visitar uma sorveteria, há opções sem açúcar e outras sem lactose.

Os escolhidos nossos foram o chocolate dark (pequeno), amendoim e chocolate belga (médio).

 

IMG_20160330_195315572

O pequeno é de tamanho ok, mas o médio veio transbordando! ❤

Só fiquei meio triste porque em outras gelaterias que já visitei você pode colocar mais sabores no tamanho pequeno. No pequeno pode escolher apenas 1 sabor, no médio 2 e no grande 3 sabores.
E em relação aos sabores que experimentei todos estavam muito bons, tipico desses sorvetes artesanais. O chocolate dark mesmo não sendo a base de leite, era muito cremoso e  MUITO denso! Foi meu preferido e irresistível para qualquer chocólatra.

Vale muito a visita e achei ótimo o preço. O pequeno era R$ 7,00 , médio R$ 9,00 e grande R$ 12,00.

image

Como acabou de passar a páscoa optei por pegar leve e tomei apenas um sorvete. Mas na minha próxima visita quero muito experimentar esse brownie!

Além dos sorvetes, na Delize servem diversos cafés (inclusive IRISH COFFEE <3), cupcakes, tortas, pão de queijo recheado e até cervejas! Achei a proposta muito interessante e algo novo para a região. Recomendo muito a visita.

Morando sozinho

morar sozinho

 

Parece assustador, mas morar sozinho não é algo tão complicado assim. A intenção deste post é falar um pouco sobre alguns pontos chaves que foram importantes para mim quando resolvi sair da casa dos meus pais.

 

  • Controle suas finanças:

morando sozinha

Existem muitos jeitos de controlar suas finanças. Faça uma planilha no excel, google docs, arrume um aplicativo no celular, faça um caderno, mas não deixe de controlar seus gastos. Se você não se preocupar com isso pode ser que algumas coisas saiam do controle. Gastar mais do que se ganha ou gerar dívidas são coisas perigosas! Então tente sempre manter isso dentro do controle.

 

  • Planejar a comida.

Se você pretendo cozinhar a sua comida e não quiser perder muito tempo cozinhando, o freezer será seu melhor aliado. Na hora de morar sozinho,  escolha uma geladeira com um bom freezer (e frost free de preferência, para você não ter que tirar aqueles blocos de gelo de tempos em tempos).

Mas para que cozinhar se tem tanta comida pronta por aí? Dois bons motivos: SAÚDE e ECONOMIA. Vai por mim, assim que saí da casa dos meus pais vivi meses de comida pronta e NÂO FOI BOM. Vai que descobre assim como eu que adora inventar na cozinha?

morando sozinha7

 

 

  • Limpeza.

morando sozinho 2

Não acredite em contos de fada, não existe uma “fada mágica” que vai limpar sua bagunça por você. E mesmo que você receba poucas visitas é bom limpar a casa às vezes, né? Motivos de higiene básica. Mantenha uma rotina de limpar a casa, lavar a roupa, lavar a louça etc. Eu detesto, mas sabe o que eu faço? Eu ligo um som bem empolgante e vou fazendo sem pensar. Quando vira uma rotina, acaba ficando mais fácil.

morando sozinho 4

 

  • Lista de compras

geladeira vazia

Seus estoques de comida, papel higiênico e produtos de limpeza não se repõem magicamente. Você terá que ir atrás deles. Faça uma lista de itens que faltam em casa para lembrar na hora de fazer compras. Aliás, recomendo muito você sempre sair às compras com uma lista. Se for ao mercado e tentar lembrar “de cabeça” é provável que você acabe comprando coisas desnecessárias. O que me leva ao tema da seguinte dica…

 

  • Desperdício
cp2

Capitão Planeta não gosta de desperdício.

Excessos viram desperdício! Não pensem só no dinheiro perdido, jogar coisas fora é algo que nosso planeta não merece, né? Então vamos controlar bem o estoque e saber o que se gasta mais e se gasta menos. Muitos alimentos podem ser congelados outros tem prazos de validade altos.

 

  • Organização
messy-rooms

Boa sorte para achar aquela blusa que você queria usar para sair hoje à noite.

Prateleiras, potes, pastas. Bom saber onde você guarda as coisas se você tem tendência a ser desorganizado. Não tem mais aquela de “mãe, cadê minha meia?”. DEixar uma baguncinhas as vezes tudo bem. Mas ir jogando bagunça em cima de bagunça até virar um pandemônio não é a melhor coisa do mundo.

 

Essas são alguns pontos que foram úteis para mim. E vocês, tem alguma dica a mais?